ARREDORES

São Martinho do Porto situa-se perto de outros centros urbanos de bastante interesse.

A considerar Salir do Porto, onde não pode deixar de se aventurar numa subida à enorme Duna de 50 metros de altura, bem como o aconselhamos a visitar as ruinas da antiga alfândega e, aproveitando o caminho, saciar-se com a água doce que nasce na “Pocinha”, uma nascente de água doce mesmo junto às águas salgadas do Oceano Atlântico!

 

—————————————————————————————————————————————————————

 

E depois de um belo passeio por Salir do Porto, porque não deliciar-se com o maravilhoso Pão-de-ló de Alfeizerão? Dirija-se à casa “Pão-de-ló de Alfeizerão” e experimente tal iguaria. De salientar também a Igreja Matriz da localidade.

 

—————————————————————————————————————————————————————

Aconselhamos também a passar pela Nazaré, uma cidade repela de história e lendas que nos transportam para tempos remotos fazendo com que quase façamos parte deles. Tal como em S. Martinho do Porto, é também uma povoação cuja tradição se prende com a vida do mar. Ligado ao mar, está também a mais recente atração da Nazaré, o Surf. Desde que o surfista Garrett McNamara surfou a maior onda de sempre, que a Nazaré se tornou numa atração turística para pessoas de todo o mundo.

A visitar em Nazaré, o “Sítio”, onde pode contemplar a Igreja, o mercado artesanal e o inconfundível local onde segundo reza a lenda, está marcada uma pata de cavalo, onde D. Fuas Roupinho estancou com o seu cavalo, salvo por Nossa Senhora de Fátima que evitou que se despenhasse na arriba por milagre.

—————————————————————————————————————————————————————

Segue-se Caldas da Rainha. As águas quentes da Rainha D. Leonor conferiram desde o aparecimento das primeiras povoações nestas terras, o destaque de terras com águas termais.

Passados os anos, a cidade adquiriu o estatuto de cidade termal, tendo o Hospital Termal junto do Parque D. Carlos I (onde em tempos quem vinha às Caldas fazer tratamentos, era aconselhado a passear no parque pois acreditavam que os passeios ao ar livre e puro ajudavam na cura mais rápida da doença). Hoje em dia o parque é um local de lazer. Pode percorrer as Igrejas que a cidade dispõe, nomeadamente a Igreja de Nossa Senhora da Conceição e a Igreja de Nossa Senhora do Pópulo. Destacar também a quantidade de museus existentes, designadamente o Museu José Malhoa, Museu da Cerâmica, Museu do Ciclismo, Casa Museu São Rafael e Museu António Feyo. Quem passa pelas Caldas da Rainha não pode passar sem levar uma lembrança das faianças Rafael Bordalo Pinheiro, bem como as típicas Cavacas e Beijinhos das Caldas, doces tradicionais da cidade.

—————————————————————————————————————————————————————

Referindo-nos agora a Alcobaça, Concelho ao qual pertence São Matinho do Porto, esta é conhecida pela maravilhosa história de amor de D. Pedro e D. Inês de Castro. O túmulos dos eternos, apaixonados encontram-se na igreja do Mosteiro de Alcobaça, a primeira obra plenamente gótica erguida em solo português. O Mosteiro, começado em 1178 pelos monges de Cister, está classificado como Património da Humanidade pela UNESCO e como Monumento Nacional, desde 1910, tendo sido eleito em 2007 como uma das Sete Maravilhas de Portugal.

É possível visitar ainda o Castelo de Alcobaça, assim como a zona histórica da cidade. No campo da doçaria há que destacar os doces conventuais, as trouxas-de-ovos, as delícias de Frei João e o Pudim de Ovos do Mosteiro de Alcobaça.

—————————————————————————————————————————————————————

Recomendamos ainda Batalha, fundada pelo rei D. João I, juntamente com o Mosteiro da Batalha, para agradecer o suposto auxílio divino concedido na vitória da batalha de Aljubarrota. A famosa lenda da Padeira de Aljubarrota está também associada à vitória dos portugueses, contra as forças castelhanas, na batalha de Aljubarrota . Esta figura lendária e heroína portuguesa, com a sua pá de padeira, terá morto sete castelhanos que encontrara escondidos num forno.

—————————————————————————————————————————————————————

Fazendo referência ao Turismo Religioso, sugerimos que se deixe encantar por Fátima, uma cidade toda ela envolta num ambiente religioso, de fé e esperança. Crê-se que foi em Fátima (mais propriamente em Cova de Iria) que Nossa Senhora de Fátima apareceu sobre uma azinheira aos três pastorinhos, Lúcia, Francisco e Jacinta. Em Fátima está construído o maior Santuário de Portugal, o Santuário de Fátima que é um local que merece ser visitado por toda a riqueza de paz de espírito e de reflexão que nos propõe. Associado a isto está todo um comércio religioso que lhe permitirá trazer um pequeno souvenir de recordação. Nesta zona existe ainda uma série de grutas, maravilhosos patrimónios naturais, como a Gruta dos Alvados, Grutas de Aire e Candeeiros e Gruta da Moeda.

—————————————————————————————————————————————————————

A Vila de Óbidos, Património da Humanidade, é sem dúvida irresistível. É impossível não se deixar encantar por todo o ambiente envolvente assim que entra nos portões da cidade.

A começar com o Aqueduto das águas livres e a terminar com a maior atração da vila, o Castelo de Óbidos. Ao entrar no Castelo, passa a fazer parte daquele ambiente, vive a sua passagem como se remontasse aos tempos da Monarquia. Não deixe de saborear o Licor de Ginja de Óbidos premiado como um dos melhores licores do mundo.

—————————————————————————————————————————————————————

Por sua vez, damos-lhe a conhecer um destino espiritual, Bombarral. Aqui encontrará o Jardim Buddha Eden“Jardim da paz”, sem dúvida um local que incentiva à reconciliação. Sem nenhuma tendência religiosa, acolhe todo o tipo de pessoas, convidando à união, comunicação e meditação como forma de redescobrir a felicidade. A sua filosofia prende-se com a firmeza de contrariar a vontade de destruição do ser o humano e disseminar a cultura da paz, seguindo os princípios da solidariedade e dignidade humana.

—————————————————————————————————————————————————————

Por último revelamos-lhe destinos que são reconhecidos como destinos de “Sol e Mar” nomeadamente Foz do Arelho e Peniche. Foz do Arelho é uma praia relativamente perto de São Martinho do Porto, bastante agradável, composta por duas partes essenciais, de um lado de lagoa e de outro, o “mar bravo”. Sobre Peniche, a grande atração é o Arquipélago da Berlenga, reconhecido como Património Mundial da Biosfera, pela UNESCO, composto por três ilhas, a Berlenga, a Estrela e Farilhões. São vários os barcos que na época balnear fazem o transporte desde a marina de recreio para a Berlenga. Já na ilha, encontra-se a aldeia dos pescadores tipicamente portuguesa, o Farol Duque de Bragança, O Forte de São João Batista das Berlengas e a Praia do Carreiro do Mosteiro.

Esperamos ter-lhe sido úteis e que, ao visitar os locais que lhe sugerimos, sinta que valeu a pena e que daí tenha tirado uma boa experiência e óptimas recordações!